Curiosidades

Tesouro É Encontrado Em Naufrágio

O tesouro foi encontrado em um barco que havia desaparecido misteriosamente em 1533, em uma lagoa artificial no deserto da Namíbia. Estima-se que o valor das moedas de ouro pode chegar a 11 milhões e meio de euros.

O nome do navio, um galeão português, era Bom Jesus, e os arqueólogos acreditam que finalmente desvendaram o mistério de seu sumiço no século XIV.

Bom Jesus afundou na Namíbia e, até então, o local exato do naufrágio era desconhecido.

As escavações começaram há 8 anos, em 2008, porém, somente agora arqueólogos confirmaram a descoberta sensacional com pedras preciosas, uma espada espanhola, moedas de ouro, e valiosas relíquias que afundaram com o navio.

ng6989085

O arqueólogo Dieter Noli começou a pesquisa dos materiais sem suspeitar que se tratava do referido navio. Os primeiros restos do naufrágio foram encontrados em uma lagoa artificial que havia sido esvaziada para a realização de obras.

À princípio os arqueólogos não ficaram surpreendidos, já que a região é famosa por ter muitos naufrágios, alguns com mais de 120 anos de idade. Mas um tesouro tão valioso nunca havia sido achado até agora.

Assim que recebeu as fotos, enviadas pelos trabalhadores que escavavam, Dr. Noli não demorou a identificar um pedaço de canhão do século XIV.

Dr-Noli-encontrado-operarios-XVI_924518484_107089356_667x375

Quando chegou à região, o arqueólogo descobriu que havia outros objetos muito mais valiosos e interessantes, como um baú de tesouro cheio de moedas de ouro espanholas e portuguesas. Ele não teve dúvidas, era realmente Bom Jesus.

ng6989075

A rota do Bom Jesus

Os arqueólogos envolvidos, após muitos estudos, conseguiram descobrir qual era a rota do navio quando aconteceu o naufrágio. Bom Jesus desapareceu durante seu caminho para a Índia, carregado de ouro, estanho, peças de marfim, e quase 20.000 quilos de cobre. A razão do naufrágio  ainda é  um mistério. Acredita-se que o motivo tenha sido a combinação de carga pesada, com uma tempestade pelo caminho.

E agora, para quem vai o tesouro?

Na teoria, o conteúdo deste material torna-se propriedade do Estado onde foi encontrado, a não ser que o barco descoberto seja de outro país, como é o caso de Bom Jesus. Mas o governo de Portugal decidiu renunciar aos seus direitos  em favor da República da Namíbia.

Mar Sem Fim já contou sobre outros naufrágios e tesouros descobertos…

Recentemente um naufrágio fenício datado de 700 aC foi descoberto no Mediterrâneo. O barco estava a 120 metros de profundidade. Confira o vídeo!

Nos Estados Unidos, foi encontrado um navio de 1857 com pepitas de ouro e moedas antigas. Uma bolsa de tecido descoberta no naufrágio, foi aberta revelando uma pequena fortuna em moedas de ouro conhecidas como águias duplas, cujo valor era de US$ 20 no século XIX. Hoje, moedas de procedência similar são vendidas entre US$ 9.500, e US$ 110 mil o exemplar. A bolsa continha 134 delas.

FONTE: Mar Sem Fim.