Economia Mercado Internacional

Terceira Grande Aliança Marítima Mundial Prestes A Ser Criada

Em resposta às recentes fusões entre companhias marítimas, novas alianças se formam, redesenhando a indústria mundial de navegação para o próximo ano

De acordo com informações da FMC (Federal Maritime Commission), representantes de grandes companhias marítimas estariam com um encontro agendado para ontem (11 de maio) para discutir a possibilidade de compor uma nova aliança global de navegação.

O legislador da entidade, William Doyle, recusou-se a divulgar o nome das empresas participantes da reunião e tampouco informou quantos operadores estariam envolvidos nas discussões, no entanto disse estar certo de que os armadores devem enviar uma proposta formal à FMC nos próximos dois meses.

Com as perspectivas de que a recém-formada Ocean Alliance deverá passar a funcionar a partir de abril de 2017, uma série de outras grandes companhias, incluindo a alemã Hapag-Lloyd AG e a sul-coreana Hanjin Shipping Co. Ltd., seriam deixadas para fora da nova parceria, em um momento nada propício para a indústria da navegação, que vem lutando para recuperar as tarifas de frete em franca depressão, diante de um mercado também retraído (Leia no Guia).

Há algumas semanas, o recém-formado China Shipping Cosco Group, bem como outros armadores da Ásia e da Europa, já vêm se preparando para reunir um grupo de cinco operadores para compartilhamento da capacidade, formando a Ocean Alliance (Leia no Guia). Desfazendo alianças já existentes, por conta de uma série de fusões e aquisições, a ação desencadeou a necessidade de outras rodadas de acordos de compartilhamento no mundo todo.

Somando-se a nova Ocean Alliance, com a já existente Aliança 2M, composta por Maersk Line e MSC, os grupos deterão cerca de 51% da capacidade mundial de transporte marítimo em em containers.

FONTE: Guia Marítimo.