Mercado Internacional

Produção Em Mega Campo Do Cazaquistão Vai Começar

Em meio a atrasos e incertezas, o mega projeto do campo petrolífero Kashagan, no Mar Cáspio, no Cazaquistão, deve finalmente sair do papel e começar a produzir no mês de outubro. É o fim de uma espera de dez anos, já que a previsão inicial de começo de produção era para meados da década passada. Por outro lado, o pontapé inicial de Kashagan coloca uma série de pontos de interrogação sobre o futuro do projeto.

Kashagan está sendo desenvolvido pelas parceiras Eni, Exxon, Shell, Total e também tem participação do governo do Cazaquistão. As empresas estimam que o campo poderá produzir 370.000 barris por dia já no próximo ano. Isso, contudo, poderia atrapalhar o equilíbrio do mercado, que ainda passa por um momento de maior oferta do que de demanda.

Mesmo assim, outras estimativas questionam os números apresentados pelas empresas envolvidas no projeto. A Wood Mackenzie espera que o campo só produza 154.000 barris por dia em 2017, bem abaixo da previsão dos produtores.

Kashagan começou com uma grande promessa, mas os desafios para tornar o projeto em realidade atrasaram a sua concretização. O campo está localizado a milhares de metros de profundidade, além de também estar repleto do venenoso gás sulfídrico. Até hoje, foram investidos cerca de US$ 53 bilhões no projeto.

FONTE: Petronotícias.

Siga-nos no Instagram

Load More
Something is wrong. Response takes too long or there is JS error. Press Ctrl+Shift+J or Cmd+Shift+J on a Mac.