Construção Naval Destaques Óleo & Gás Petrobras

Plataforma P-68 Já Está Na Reta Final De Integração No Estaleiro

Todos os seis módulos da P-68 já estão içados. A plataforma replicante está em processo de integração no estaleiro Jurong, em Aracruz (ES).

O contrato inicial entre a Petrobras e o Jurong, do grupo Sembcorp Marine, foi fechado em agosto de 2012, por US$ 674 milhões.

O acordo prevê a construção de seis módulos para a P-68, além da integração e comissionamento da plataforma. Este ano, o Jurong também assumiu o carry over da unidade, por US$ 145 milhões.

O estaleiro também será responsável pelas obras na P-71, no entanto, a Petrobras deixou de considerá-la para o desenvolvimento da curva de produção até 2021, juntamente com a P-72 e P-73.

As plataformas P-67, P-68, P-69, P-74, P-75, P-76 e P-77 já ultrapassaram o percentual de 80% de realização. Destas, apenas a P-68, P-69, P-74 e P-76 estão no Brasil, enquanto as outras unidades estão no estaleiro Cosco, na China.

O primeiro FPSO replicante, a P-66, entrou em produção em maio passado, no campo de Lula Sul, no pré-sal da Bacia de Santos. Os replicantes terão capacidade para produzir 150 mil b/d de óleo e comprimir 6 milhões de m3/d de gás natural.

Via Mario Ortiz / LinkedIn.

Tags

Mais lidos

Siga-nos no Instagram

Load More
Something is wrong. Response takes too long or there is JS error. Press Ctrl+Shift+J or Cmd+Shift+J on a Mac.