Petrobras

Petrobras Faz Nova Proposta De Reajuste De 6% Para Os Petroleiros

A novela ganhou um novo capítulo. A Petrobrás fez uma nova proposta de reajuste salarial aos petroleiros, de 6%, em reunião realizada nesta quarta-feira, mas a reação das entidades sindicais foi negativa. A Federação Única dos Petroleiros (FUP) acusa a estatal de “estar voltando aos anos 90″, com “arrocho, corte de direitos e venda de ativos”. A proposta anterior havia sido de 4,9%. Os sindicalistas exigem um aumento acima da inflação, que está por volta de 9,12%.

“Como nos anos 90, a Petrobrás quer implementar o mesmo receituário que impôs aos trabalhadores no passado redução drástica de efetivos e de salários, cortes de direitos, seguidos acidentes e uma política de desmonte que quase reduziu a empresa a pó”, afirmou a entidade. No próximo dia 24, o Conselho Deliberativo da FUP realizará uma reunião para avaliar a proposta apresentada pela Petrobrás e apresentar os indicativos para as assembleias de outras centrais sindicais.

Outra entidade representante dos trabalhadores, a Federação Nacional dos Petroleiros (FNP), iria participar da reunião desta quarta com a Petrobrás. Porém, decidiu não ir ao encontro. A FNP tinha pedido para ouvir a proposta na reunião, mas o documento foi entregue antecipadamente à federação por e-mail. A entidade está pedindo agora um novo encontro com a Petrobrás em caráter de urgência.

“A FNP salientou em outras reuniões que os documentos fossem sempre enviados no final da tarde, depois das negociações com as federações, uma vez que, habitualmente, a negociação com a FUP acontece sempre na parte da manhã e com a FNP, na parte da tarde”, informou a federação.

FONTE: Petronotícias.