Sem categoria

Petrobrás cancela contrato da Sonda DS-5 devido a irregularidades

 

Em meio a indícios de irregularidades nas negociações, a estatal cancelou o contrato de afretamento da sonda DS-5 com a Ensco, responsável pela embarcação. A anulação, anunciada pela companhia inglesa nesta quarta-feira (6), tem como base irregularidades envolvendo um ex-consultor de marketing ligado à Pride, empresa que era proprietária da sonda e que foi comprada pela Ensco em 2011.

sonda-ensco-300x216

As negociações para o afretamento do navio vêm sendo investigadas como desdobramento da Operação Lava-Jato. De acordo com o comunicado emitido pela Ensco, a Petrobrás alega que a Pride sabia que a empresa responsável pela construção da sonda efetuou pagamentos ilícitos ao ex-consultor, que então teria feito repasses a ex-funcionários da estatal.

A embarcação foi contratada pela primeira vez em 2008, quando ainda era propriedade da Pride. A Petrobrás ainda não se manifestou sobre o cancelamento.

Para a Ensco, a anulação do contrato não tem bases concretas. A companhia inglesa afirma ter realizado investigações internas por meio de uma auditoria independente e não ter encontrado evidências que envolvessem seus funcionários ou da Pride em esquemas ilícitos.

 

Fonte:PetroNotícias.