Sem categoria

Norueguesa Vard Fecha Estaleiro Em Niterói

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

A norueguesa Vard encerrou este mês as operações de seu estaleiro em Niterói, na região metropolitana do Rio de Janeiro. As atividades de construção naval da companhia serão todas concentradas a partir de agora na unidade Vard Promar, em Ipojuca (PE).

O objetivo, segundo a empresa, é reduzir a exposição da companhia ao mercado brasileiro, em meio à falta de novas encomendas. A companhia informou ontem que as operações no pátio do estaleiro niteroiense já foram encerradas e a área arrendada foi devolvida aos proprietários.

No segundo trimestre, a unidade Vard Niterói concluiu a entrega dos últimos dois navios em construção no estaleiro, entre eles o barco de apoio Skandi Paraty – que vai ser operado pelo Grupo DOF, para a Petrobras. Ainda segundo a norueguesa, alguns dos funcionários considerados peças-chaves do estaleiro de Niterói foram transferidos para Pernambuco.

O Vard Promar tem hoje cinco embarcações sob encomenda (três gaseiros e dois barcos de apoio), sendo um com previsão de entrega para este ano e mais quatro para 2017. No ano passado, a Transpetro cancelou dois contratos com a unidade, para fornecimento de dois navios gaseiros.

A carteira de pedidos no mercado brasileiro é hoje a menor dentre os países onde a empresa norueguesa atua. O Brasil responde por 12% do portfólio de encomendas da companhia, atrás da Noruega (17 embarcações); Romênia (10 barcos) e Vietnã (sete navios).

Além da desmobilização do Vard Niterói, outros estaleiros estão reduzindo suas operações diante da queda da demanda por serviços. Segundo o Sindicato Nacional da Indústria da Construção e Reparação Naval e Offshore (Sinaval), 2,5 mil postos de trabalho foram perdidos entre janeiro e maio na indústria naval brasileira, que totaliza 48,5 mil empregados.

FONTE: FENAMAR.