Sem categoria

Leilão No Pará Está Confirmado, Porém Somente Para Santarém

Em nota à imprensa, divulgada na sexta-feira (03), o governo federal informou que decidiu manter agendada para o próximo dia 10, a oferta do terminal de fertilizantes localizado em Santarém, no estado do Pará, para concessão ao setor privado. Os outros cinco terminais de granéis sólidos, localizados em Barcarena, Santarém e Outeiro, que também estavam programados para ser ofertados, não estarão disponíveis nesse leilão, de acordo com o novo Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil, no qual se enquadra agora a SEP (Secretaria de Portos).

Como justificativa para a nova suspensão, o governo explica que “decidiu aguardar a consolidação de alternativas logísticas de escoamento pelo Arco Norte que já vêm sendo adotadas pelo setor privado, como a utilização de Terminais de Uso Privado (TUPs)”.

Entretanto, operadores presentes no Seminário promovido pelo Guia Marítimo na própria sexta-feira foram enfáticos ao notar que, além de modelos mais atrativos para a operação das concessões, a região ainda precisa de soluções de acesso, como a finalização dos ramais ferroviários e a melhoria das demais vias (hidroviária e rodoviária), incluindo não apenas infraestrutura, mas também condições de segurança.

O governo informou que a modelagem dos editais poderá ser reavaliada com o objetivo de tornar a concessão mais atrativa e adequada à demanda.

O ministro Maurício Quintella recebeu, no início da semana, o ex-Ministro de Portos Helder Barbalho, hoje no comando da pasta da Integração Nacional junto ao governo Temer, para uma reunião que não foi acompanhada pela imprensa.

Quintella informou ter consultado investidores do setor privado, que mostraram interesse nas áreas oferecidas, porém alegaram não ser, este um momento oportuno “devido às perdas no setor agrícola e ao quadro econômico ainda instável”.

FONTE: Guia Marítimo.