Cabotagem

Hidrovia Do Tietê Receberá R$ 473 Mi De Investimentos Federais Em Obras Para Garantir Navegabilidade

O governo federal, por meio do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), prevê investimentos de R$ 473,4 milhões em obras e serviços na hidrovia do Tietê. Na última semana, técnicos do órgão estiveram no Departamento Hidroviário de São Paulo (DHSP), com o objetivo de discutir convênios celebrados entre as duas instituições.

Na pauta, ajustes para garantir o andamento das obras na nova ponte ferroviária Ayrosa Galvão, a construção do atracadouro de Bariri, a proteção de pilares em pontes e a reforma de flutuantes. De acordo com o DNIT, todos esses empreendimentos visam garantir e melhorar a navegabilidade no rio.

O próximo passo é concluir a licitação das obras do Canal de Nova Avanhandava. Atualmente, o canal que dá acesso ao dispositivo tem operado com restrições, pois o reservatório da hidrelétrica de Três Irmãos tem apresentado níveis abaixo da cota esperada. A ampliação permitirá que a eclusa de Nova Avanhadava atenda embarcações com 2,5 metros de calado, a dimensão prevista no projeto original da hidrovia.

FONTE: Portos e Navios.