Mercado Internacional

Governo Argentino Anuncia Incentivo A Produtoras De Petróleo

As notícias são boas para as petroleiras que atuam na Argentina. Com objetivo de estimular o mercado em meio à crise internacional do setor de óleo e gás, o Ministério de Energia do país aprovou nesta semana um subsídio às exportações de petróleo, medida que deverá se manter até que a cotação do barril supere a marca dos US$ 47,50. Com a nova política, o governo se comprometeu a pagar um valor equivalente a US$ 7,50 por barril para as vendas do insumo produzido nas bacias do Golfo de San Jorge, na Patagônia Argentina.

Aranguren345

Além do subsídio, novas mudanças chegam ao setor de óleo e gás. Sob liderança do ministro Juan José Aranguren (foto), o governo aumentou o imposto sobre a exportação do biodiesel em março para 6,4% ante 3,9% determinados no mês anterior. Hoje, o segmento vem sendo impactado pelas leis antidumping adotadas pela União Europeia, o que vem ampliando a ociosidade na produção argentina de biodiesel.

Publicada nesta sexta-feira (11), a mudança de incentivo às produtoras de petróleo pode amenizar os impactos financeiros da crise sobre o setor. De acordo com nota emitida pelo ministério, a derrocada do barril fez “necessário aplicar medidas específicas de estímulo que atenuem o impacto de tais reduções sobre o nível de atividade e emprego locais, a fim de manter as pautas de investimento previstas pelo setor produtivo”.

Fonte: PetroNotícias.