A dragagem de manuten��o do Porto do Rio Grande iniciou no dia 29 de outubro e est� em ritmo acelerado. A obra que est� sendo realizada pelo cons�rcio Jan de Nul e Dragabr�s prev� a retirada de at� 16 milh�es de metros c�bicos do canal de acesso que est� prejudicando a seguran�a da navega��o. At� a quarta-feira, 07, mais de 590 mil metros c�bicos j� foram dragados.

�A dragagem est� seguindo seu cronograma de forma bastante eficiente. Diariamente recebemos as informa��es do cons�rcio sobre o andamento das atividades bem como a SUPRG possui equipe de fiscaliza��o em tempo integral na draga Pearl River�, afirma o diretor superintendente Janir Branco. At� o momento, a draga j� realizou 59 ciclos de dragagem. O funcionamento da embarca��o � 24 horas por dia, sete dias por semana.

No quesito meio ambiente, a dragagem do Porto do Rio Grande conta com: o monitoramento da qualidade da �gua; o monitoramento da dragagem a partir dos sensores da draga que discriminam os locais dragados; programa de monitoramento da �rea de descarte; utiliza��o de tra�adores. A obra de dragagem est� integrada ao sistema SimCosta da Universidade Federal do Rio Grande que permanentemente est� monitorando a costa brasileira.

�Estamos primando por uma obra ambientalmente segura e que respeite todas as condicionantes impostas pelo Ibama para que possamos ter o desenvolvimento de forma sustent�vel�, conclui Branco. A dragagem � uma obra do Minist�rio dos Transportes, Portos e Avia��o Civil atrav�s da Secretaria Nacional de Portos e tem previs�o de ser conclu�da em at� 10 meses.

SOS Cassino

Na tarde desta quinta-feira, 08, a Superintend�ncia do Porto do Rio Grande e o Grupo de Trabalho formado com os professores da Universidade Federal do Rio Grande recebeu os representantes do SOS Cassino. No encontro foram debatidos os sistemas de monitoramento que est�o em execu��o e o andamento da obra.

Texto e foto: Andr� Zenobini (reg n� 16944)