BRASÍLIA  -  A guerra comercial travada entre Estados Unidos e China e o consequente aumento da demanda do país asiático por soja tiveram influência decisiva para o forte aumento das exportações brasileiras do grão e seus derivados em julho. Segundo dados da Secretaria de Comércio Exterior (Secex/Mdic) compilados pelo Ministério da Agricultura, o aumento da receita dos embarques do chamado “complexo soja” em relação ao mesmo mês de 2017 foi de 61,1%, para US$ 5 bilhões.