SÃO PAULO  -  (Atualizada às 15h09) A geração de fluxo de caixa da Braskem deve crescer em 2018 em comparação com o resultado de 2017, afirmou o presidente da Petroquímica, Fernando Musa. Segundo ele, a Braskem teve impactos negativos que afetaram a geração de caixa no ano passado que não devem se repetir neste ano, ajudando na melhora dos números.