Com o objetivo de fortalecer laços comerciais e cooperativos, uma comitiva de representantes da cadeia agroexportadora e de autoridades do Puerto Quequém, da Argentina, visitaram o Porto do Rio de Janeiro no último dia 30 de julho. Acompanhada pela chefe do Consulado da Argentina, Vanina Yanino, a delegação foi recepcionada pelas equipes da superintendência de Gestão Portuária do Rio de Janeiro e Niterói (SUPRIO) e da superintendência de Planejamento de Mercado (SUPLAM) da Companhia Docas do Rio de Janeiro (CDRJ). Os visitantes ainda assistiram a uma palestra de apresentação sobre as principais características do Porto do Rio.

Convidado a participar do encontro, pois 70% da movimentação do Puerto Quequén é de grãos, e principalmente trigo, o gerente de Projetos da empresa Bunge, Márcio Silva, exibiu um vídeo mostrando como será o novo Terminal de Trigo do Rio de Janeiro (TTRJ), que tem inauguração prevista para outubro de 2019. O Puerto Quequén movimenta 18% da exportação de trigo de toda a Argentina, sendo o Brasil o seu principal destino.

Logo após uma apresentação sobre o empreendimento, a delegação, liderada pelo diretor do Consórcio de Gestão, Jorge Brisighelli, visitou a sala de controle da gerência de Acesso Aquaviário (GERQUA) e as instalações do cais do Porto do Rio de Janeiro.

As informações foram enviadas ao Portogente pela Assessoria de Comunicação da CDRJ.