A redução da perspectiva de produção da commodity nos Estados Unidos também pesou sobre os mercados de NY e Londres