Mais de quatro anos depois de deflagrada a Operação Lava-Jato e sob alto risco de prescrição, o Supremo Tribunal Federal (STF) começou a julgar, ontem, a primeira ação penal contra parlamentar acusado de participação no esquema ilícito da Petrobras. Trata-se do processo em que o deputado federal Nelson Meurer (PP-PR) é réu por corrupção passiva e lavagem de dinheiro.