O ministro da Fazenda avalia que falta de acordo entre União e Petrobras afasta investidores interessados no leilão