Depois de reduzir sua carteira de ativos exploratórios nos últimos anos, a Petrobras começa a recompor seu portfólio. Agora, a intenção é começar aos poucos a intensificar as atividades exploratórias, com previsão de investimento de US$ 6,6 bilhões até 2022