O secretário-geral da Opep, Mohammad Barkindo, disse nesta quinta-feira que vê o reequilíbrio do mercado global de petróleo no segundo ou terceiro trimestre de 2018, antes da previsão anterior, que era para o final do ano.

Falando em entrevista à Reuters em Nova Délhi, ele também disse que há uma crescente confiança de que os produtores de petróleo estenderiam o pacto de cooperação para além de 2018.

A Rússia continuará a desempenhar um papel fundamental nos futuros pactos de rebalanceamento do mercado, afirmou Barkindo.

"Há uma crescente confiança de que a declaração de cooperação será estendida para além de 2018", disse Barkindo à Reuters. "A Rússia continuará a desempenhar um papel de liderança."

O esboço inicial de uma aliança de longo prazo entre a Organização dos Países Exportadores de Petróleo e os produtores de petróleo aliados seria discutido na reunião do cartel em junho, acrescentou.