Artigos

5 Técnicas Para Diminuir o Estresse a Bordo

Às vezes, a vida embarcado pode se mostrar um grande desafio para os indivíduos que trabalham a bordo de um navio, longe dos seus parentes. Um relacionamento a distância com os familiares, acesso limitado à vida social e o aumento do desgaste físico e psicológico podem ocasionalmente trazer malefícios a saúde ou falta de interesse pela profissão. Em geral, isso afeta o bem estar dos marítimos que podem originar desavenças entre a tripulação. Uma das principais causas consideradas é a falta motivação para trabalhar, trabalhos repetitivos, trabalhar com estrangeiros, excesso ou falta de faina, troca de turno, etc. Essas séries de eventos podem desencadear problemas de saúde.

Se você é um desses que enfrentam alguns ou muitos desses fatores anteriormente citados em quanto embarcado, então essa matéria é destinada a você. Conhecer alguns métodos psicológicos que podem reduzir o estresse.

1. Elimine a Mentalidade da Hiperatividade:

casule-psicologia-tdah-adulto

Talvez esta seja um dos principais contribuintes para o estresse entre os marítimos. Muitas vezes acontece que, enquanto
discutem sobre o trabalho, as pessoas comentam sobre serem hiperativos como se fosse um estilo de vida. O marítimos,
geralmente fica sobrecarregado quando “mudam de tripulação”, ou está aguardando a muito tempo para ser promovido e ainda quando discutem sobre salário em geral. Acredita-se ser um fato da vida o qual não dá para fugir. De alguma forma é fácil perceber, que indivíduos que estão numa constante hiperatividade facilmente ficam incomodados, ficam intimidado, sentem inveja ou irritação, tornam-se submissos e são extremamente infelizes com suas profissão.

A fim de eliminar essa forma de pensamento, os marítimos devem proativamente procurar extrair o lado positivo de todas
as experiências, seja até mesmo uma redução salarial quando a empresa ou a industria marítima em geral esteja passando
por uma crise de mercado. Isso depende completamente da sua mente e de como controlar isso, que aspetos estamos dando enfoque e como caracterizamos nossas experiências. Por um exemplo, se constantemente entramos em conflitos e discussões com os nossos subordinados ou superiores no trabalho isso não afetará apenas nosso desempenho como também pode se mostrar mentalmente exaustivo. Entretanto, a mesma situação pode-se torna positiva se tentarmos e aprendermos a partir dos nossos erros e encarar nossos funcionários com um olhar diferente e resolver o problema. Implementar esse pensamento positivo e eliminar a mentalidade hiperativa, de fato ajudará a percebe as situações diferenciadamente e se sentirá motivado a achar oportunidades em cada situação.

2. Utilize-se da Compreensão para Reduzir o Estresse:

grupoDialogando

A compreensão efetiva é considerada um dos componentes mais importantes na carreira profissional de uma pessoa. No entanto, para muitos marítimos isto também é um ponto fraco, e melhorar essa habilidade mesmo em ocasiões mais sutis pode se mostrar de grande importância. Isso não ajuda apenas no nosso ambiente de trabalho em geral, mas também é uma ferramenta a ser usada para construir relacionamentos melhores e duradouros.

Pensem a respeito da sua capacidade de compreensão e se pergunte se verdadeiramente você ouve e compreende seus colegas ? Você é do tipo de pessoa que deixa as outras se expressarem primeiro ou as interrompe constantemente ? Você costuma completar a fala dos outros ? Ou você é calmo e paciente nas reuniões ? Todas essas perguntas não parecem ser estressantes ?

Há muitos motivos pelos quais uma efetiva compreensão mostrasse possível reduzir o estresse. Primeiramente, pessoas que são bons ouvintes são altamente respeitados e adimirados. Há uma certo fator de bem estar quando você se faz ser entendido. Isso te ajuda a tornar-se uma pessoa melhor por resolver problemas com serenidade bem como aplicar a estratégia de ouvir antes de falar. Isso atua como uma infusão própria de solução a inconsciente monotonia a bordo.

3. Pare de Protelar as Fainas:

218

Um dos maiores contribuintes para aumentar o estresse é a procrastinação. Antes de aprendermos como evitar a procrastinação, vamos pensar sobre o que isso seja verdadeiramente. Por um acaso atrasamos para assistir TV/Internet, fazer uma pausa para tomar um café entre os intervalos de trabalho, ou até mesmo ligar para casa via satélite ? Claro que não! Nós não protelamos aquilo que gostamos de fazer. Logo, fica claro para nós que não há absolutamente nenhum prazer em atrasar as fainas a bordo tais como concluir as documentações mensalmente, realizar inspeções nas máquinas, concluir o PMS ou projetos correlatos esperando até o prazo máximo. Não somente isso estressa mais o individuo como também pode fazê-lo se sentir inútil fazendo-o não concluir dentro dos prazos estabelecidos. Isso torna-se uma variância constante de atrasar o trabalho e realizar as fainas em cima da hora.

Entretanto, existem alguns momentos em que temos dificuldades para focar no trabalho. Mercantes geralmente passam por situações como essas. A única forma de sair dessa situação é estabelecendo recompensas para você sempre que concluir uma faina. Pode ser ir em terra e fazer compras supérfluas como distração, estar motivado por planejar uma viagem com algum ente querido após desembarcar. Isso poder gerar algo positivo, desde de que contribua para concluir as fainas no prazo.

4. Não se Deixe Afetar pela Negatividade das Pessoas:

pessoas-negativas

É um fato e muitos mercantes erram a compreensão do conceito. Muitas vezes pode acontecer de você se deparar com várias influências negativas dos indivíduos logo no começo do dia. Em geral, esse tipo de pessoa não controlam os seus humores. Mas o que pode ser feito para mudar essa situação ? É como você escolhe reagir a isso.

Diga a sua mente ou melhor, treine ela para avaliar os aspectos positivos que alguém poderia pensar de naquele momento como sendo um “benefício desfaçado”. Compreenda melhor as outras pessoas e diga a si que talvez eles tiveram um péssimo dia, ou apenas deixe isso passar dizendo “Vou focar no meu trabalho ou invés de gastar minhas energias com esses sentimentos ruins de outras pessoas”. Qualquer que seja o motivos, você não quer lidar com isso hoje e não deixe o seu dia e trabalho serem afetados por conta disso.

5. Não Deixe Seu Ego Falar por Você:

ego-as-baggage

Comecemos pelo princípio de tudo. O que básicamente você precisa saber sobre o “Ego” é que ele faz parte da sua personalidade. A título de exemplo, verdades indubitáveis a bordo como ” Eu sou o comandante do navio, eu estou sempre certo” ou “Eu sou o contramestre, faça tudo que eu mando” é um erro crasso em todos os sentidos da palavra onde numa empresa onde o trabalho em equipe é a base do sucesso.

Sim, você é aquilo que você pensa, mas sempre será mais do que isso. Se alguém prega a você algo novo que viole o que realmente acredita, então é isso que te fará resistir a essas ideias. Desconsiderando o quanto você é apegado aos seus valores, o fato é, você, e a sua noção sobre você é muito fictícia e ilusória.

Esse sentimento, muito das vezes restritos traz dentro de nós, por isso temos a tendência de pensar que se mudarmos
nossas crenças o mundo que está a nossa volta entrará em colapso. Na verdade o mundo não entrará em colapso, mas o seu ego. Em contra partida, voltará a aprender algo novo ou se readaptar. Aprender a diferenciar o seu ego da sua consciência pode ajudar e muito a mudar sua vida. Reconhecer seu ego e permitir sua consciência decidir o que é certo. Aceitar mudanças sem ter que resistir irá manter você longe do seu ego destrutivo.

Como mencionado anteriormente, uma gama de fatores conspiram para aumentar o nível de estresse entre os mercantes. Embora seja difícil de dizer precisamente um motivo específico ou fator contribuinte, muito do “estresse induzido” pode de ser remediado seguindo regras básicas que ainda são negligênciadas como as mencionadas nesse artigo.

Infelizmente, se você sempre encontra-se nesse estado, relaxe; pense antes, ao invés de agir. Se você sentir-se precionado,
busque uma forma de desabafar. Tire 15 minutos do trabalho e use esse tempo para fazer coisas que você goste. Talvez ouvir uma música, pegar um copo de chá, meditar ou conversar com alguém mais chegado. No início não será fácil mas as coisas vão começar a se ajustar no seu devido lugar uma vez que você começar a ver os resultados te levar a um estado positivo.

FONTE: Marine Insight.